Previsões para o Ano Novo by Vera Luz

0

A nossa resistência à mudança faz-nos por vezes adiar difíceis escolhas que sabemos ter que fazer.
Terminar um vício, por fim a uma relação tóxica, abandonar um emprego desgastante, fechar a porta a pessoas desafiantes, mudar radicalmente velhos padrões não são decisões que façamos de ânimo leve e o velho ego em nós irá adiá-las o mais que pode.

Por mais boas intenções que tenhamos, por mais que saibamos que mais cedo ou mais tarde algo tem que mudar, até que o dia da mudança chegue, a velha energia continua a ser alimentada, mantendo-nos nas baixas vibrações que lhe correspondem. Até que nos cansemos pois como diz a antiga sabedoria, só no limite, viramos no contrário..
Ou seja, a cabeça até já pode estar a ansiar por algo melhor, a reconhecer o triste presente, mas se ainda lá estamos, as emoções estão ainda presas na vibração do que já não queremos. E como tal, irão estar a co-criar mais do que não queremos….

Levamos algum tempo até realizarmos que cabe a nós unicamente o movimento da escolha do que é melhor para nós. Que não escolher esperando que o outro mude, é também uma escolha e que de todas haverá uma consequência. Saturno, o Sr. da Responsabilidade e Maturidade não premeia cobardia, apenas actos de coragem e amor próprio.

O peso da escolha por vezes pode ser tão difícil, tão violento que projectamos a nossa escolha no outro; “Se o outro mudasse, se o outro fosse assim ou fosse assado, se fizesse ou deixasse de fazer isto ou quilo, eu seria feliz, tudo seria mais fácil”.
Mesmo que o outro mudasse, não teria sido uma escolha nossa. A cobardia estaria lá registada na nossa história. Nada teríamos acrescentado ao nosso livro de escolhas corajosas. Mas para nosso próprio bem, em prol da nossa evolução, e porque é essencial sermos nós a escolher, o outro não muda.

Se ainda estás à espera que seja o outro a mudar para que a tua vida se torne mais feliz ou mais fácil prevejo então para ti um ano de desilusões e frustrações. É importante que saibas que estas desilusões terão apenas a intenção de te devolver o poder pessoal de que abdicaste algures no tempo e de te mostrar a ilusão que tens de que o que tanto anseias venha de fora ou de alguém, não vem nem nunca virá. Enquanto mantiveres a vitimização e a negatividade, alimentado a triste crença que tudo é sempre difícil e que não mereces a abundância, será exactamente isso que a vida te virá devolver pois és e serás sempre livre de escolher o que queres manifestar.

Se já chegaste ao ponto em que percebeste que és tu @ únic@ responsável apenas pelas TUAS escolhas, parabéns! Cada escolha que faças a favor do teu poder pessoal, do respeito pela tua individualidade, pela honra da tua história única irá ser validado e aplaudido. Prevejo assim para ti um ano de muita consciência do teu poder pessoal, de manifestação da abundância que mereces, tanto interior como exterior, da reconquista do teu equilíbrio e brilho. Terás assim muitas oportunidades de evoluir assim como inspirares os muitos que te rodeiam. Quanto mais te valorizares e responsabilizares pelo teu equilíbrio mais sincronias mágicas irás co-criar abrindo-te portas que nunca pensaste existir.

Todos os dias são dias de mudança. Cada minuto trás um potencial magnifico de nos elevar, ajudar a evoluir e resgatar o nosso brilho interior. Cabe-nos a nós a sabedoria de os usar positivamente. Essa é a verdadeira ajuda ao próximo, inspirando-o a fazer o mesmo com a sua energia…

Desejos de um Natal Feliz e que o Ano Novo vos inspire a fazer escolhas de qualidade e amor próprio.

Bem Hajam sempre!
Vera Luz

 

Imagem de Anja#helpinghands #solidarity#stays healthy por Pixabay

Partilhe =)

Sobre o autor

Deixa um comentário

*

code