O Medo & a Fé

0

(Texto escrito no estado emergência da Pandemia 26 Abril 2020)

Todos sabemos que a responsabilidade anda de mão dada com a liberdade, certo?

Por isso, obviamente, quanto menos responsabilidade, menos liberdade.

E quanto menos responsabilidade, mais medo, mais imaturidade, mais dependência, mais apego a “alguém ou algo” responsável.

Quanto mais apego à autoridade e responsabilidade do outro, menos autoridade e responsabilidade pessoal

E quanto menos poder e autoridade pessoal, mais medo

E quanto mais medo, mais dependência do poder e autoridade do outro.

E quanto mais poder e autoridade damos ao outro, menos poder e autoridade reservamos para nós.

Seremos assim tão irresponsáveis, imaturos e dependentes que precisamos mesmo de ceder TODO o poder ao exterior?

Estaremos assim tão dependentes do exterior, das leis, regras e limites marcados por alguém, ao ponto de abdicarmos da nossa liberdade e de nos desconectarmos do nosso bom senso e intuição interior?

Estará ainda a maioria tão intoxicada com o medo que perdeu a sua ligação com o amor?

E quando falo em amor não falo em corações!

Quando falo em Amor, falo em liberdade, fé, confiança, segurança, optimismo, coragem, verdade, liberdade, escolha, livre arbítrio, atrevimento de ser diferente, humildade de nos lembrarmos que a vida é sagrada e inteligente e que tudo acontece de acordo com a agenda cósmica.

Amor é confiar que não é o vírus, ou o 5G ou a vacina do BGates ou os cancros, acidentes e “azares” que nos levam. É a Vida, no seu tempo própria, seguindo a sua agenda cósmica, que nos leva através do vírus, do 5G da vacina do BGates dos cancros, acidentes e “azares”.

Medo é o contrário. É o controle absurdo. É a desconexão com a Ordem Maior. É o esquecimento de TUDO é um sistema e faz parte de um plano maior. Que nascemos e morremos de acordo com esse plano e todos os eventos pelo meio são as aprendizagens previstas nos nossos mapas astrológico numerológico.

E que perante esse Sagrado e grandioso plano, de nada vale a máscara e as luvas e o medo e a resistência.

A vida será sempre uma dança entre o evento exterior e o mundo interior de cada um que são obviamente diferentes.

Para o grupo do Amor a Pandemia é um evento cosmicamente inteligente, que está aplicar a sua agenda própria:

❤️
Despertar-nos para significado da vida
Trabalhar a consciência espiritual
Despertar para os valores essenciais (Essência)
Convidar a fazer mudanças radicais
propor-nos o alinhamento com o nosso propósito espiritual
Interromper a máquina de destruição social em que vivíamos
Restaurar e ajudar a Mãe natureza
Abalar estruturas não ecológicas e desalinhadas com o amor
Relembrar-nos a simplicidade e restaurar estruturas invisíveis
Reaprender a confiar e a fluir com a vida
Repensar a quem damos valor e poder exterior
Relembrar-nos que a morte faz parte da vida e que médicos não são Deuses

Para o grupo do medo a Pandemia tem antes de mais como efeito inconsciente intensificar o medo colectivo e é vista como um azar da vida, culpa dos chineses e do que eles comem, a desgraça dos que morreram sem sequer considererm que existe ;

Perder a liberdade
Desconectar da confiança na vida
Aumentar o medo a níveis do ridículo
Aumentar o nosso controle diário através do medo
Fazer-nos esquecer que a Vida é inteligente e que tudo tem um propósito maior
Fazer-nos andar de luvas e máscara dentro dos nossos carros!
Julgar todo aquele que se atreve a estar a em paz durante a pandemia
Atacar quem se recusa a submeter-se ao medo e a usar luvas e máscaras no supermercado

Já sabemos que a dualidade faz parte. Que todos estamos sujeitos à mesma. Que gerir ambas é a proposta. Mas podendo escolher um “Mindset”, usando conscientemente o teu Livre Arbítrio, precisando de definir quem queres Ser, em que grupo te associarias?

Bem hajam!
Vera Luz

Partilhe =)

Sobre o autor

Deixa um comentário

*

code