Ano Universal / Pessoal 3

0

A Numerologia atribui a cada ano, um número que corresponde à soma de todos os números do ano reduzidos, a um dígito.

Se a soma do Ano Corrente dá 3, quer dizer que todos iremos estar num Ano Universal 3, mas a nossa data de nascimento irá dizer como iremos aplicar as lições 4 na nossa vida pessoal. Para descobrires esse número, somas 3 + Dia nascimento + Mês de nascimento (sem o ano de nascimento) = Total que depois de somado reduz a um dígito.

Como qualquer arquétipo, o 3 tem um ponto de equilíbrio onde se revela nas suas mais belas qualidades e vibração superior e essa será a referência que devemos levar em conta. Mas como dita a lei da polaridade, podemos oscilar entre a falta e o excesso de cada energia a cada momento e daí conhecermos essa polaridade, ajuda-nos a evitar excessos e a manter o equilíbrio.

É precisamente nesse “barco” que iremos estar a navegar todos, durante todo este ano e por isso é importante que saibamos como nos preparamos, qual a lição 3 por trás de todos os eventos que iremos viver, como evitamos os seus excessos e faltas para que o equilíbrio seja mais fácil..

Estágio de Evolução – A criança explora a sua individualidade, a sua consciência de si mesma, percebe a sua diferença perante os outros e as caraterísticas que a definem. É o tempo de explorar a criatividade, as experiências alegres e divertidas, jogos e brincadeiras. É também o estágio da sociabilização, interação, curiosidade e comunicação com quem a rodeia, de forma a trocar ideias, experiências, aprender e ensinar. 

Na história dos números, o número 1, a individualidade, casou com o 2 para uma relação e tiveram um filho chamado 3! O 3 é por isso o novo, o diferente, o original, o criativo, o que segue o seu caminho.

O 3 no seu melhor revela-se na alegria, no sentido de humor, na brincadeira, na espontaneidade, ou seja, na vontade de trazer leveza, sentido de humor e um sorriso à nossa vida e às pessoas à nossa volta. Ao contrário do 2 que é inseguro, dependente, discreto e influenciável, o 3 vem amar a sua diferença, tornar-se autónomo e criativo na forma como vive a sua vida e fazer sempre rir à sua volta.

Para aproveitar positivamente este Ano Pessoal 3 é preciso levar a sério a famosa frase de Almada Negreiros;

“A alegria é a coisa mais séria da vida!”

Para quem já tem no seu mapa natal muitos 3, tende a ser por natureza uma pessoa aberta, sociável e comunicativa, que preza a originalidade de cada pessoa.
No entanto, o lado sombra do 3 pode ser exatamente o oposto; alguém fechado, cheio de vergonhas e inseguranças, que compara e julga-se si mesmo e aos outros, que sofre de síndrome do narcisista, roubando a alegria por onde quer que passe.
Os Anos 3 servem então para expor essas sombras e mostrar que todos somos iguais, apenas com características e expressões diferentes, cada um perfeito á sua maneira.

O Ano Pessoal 3, é o ano ideal para deixar ir julgamentos e comparações, é um ano para libertar máscaras e imagens falsas e descobrir a nossa verdadeira essência de luz e amor.

Se os 9 números simbolizam a vida de uma árvore, o 3 é a flor, é a cor, é a diferenciação de todas as outras flores do jardim, é a originalidade e expressão individual, é a simples alegria de ser quem é e de existir por si mesma, é a aceitação incondicional da sua diferença.

Por exemplo, o próximo ano representa o 4, ou seja, as raízes, a importância das fundações, a estrutura da planta que permite a flor existir, o alimento e a responsabilidade de se fortalecer para resistir ás intempéries da vida.

Este ano 3 será então para se mostrar, para se revelar, para olhar para si mesma e celebrar a vida.

Embora o 3 pareça ser um número leve demais, superficial ou até infantil, ele esconde algumas das coisas mais importantes da vida; o amor próprio, a capacidade de viver em alegria e aceitação incondicional de quem somos.

Na verdade, a felicidade, a alegria, a amizade verdadeira, o riso puro, o optimismo, a transparência, a verdade na comunicação são tudo qualidades do 3 desejáveis por qualquer um de nós. Mas a lei da polaridade lembra-nos que temos por oposição, algumas das piores sombras do 3 na forma de julgamento, narcisismo, crítica e comunicação destrutivas, depressão, culpa e até crueldade.

Embora pareça simples, não é, principalmente devido à sociedade doente que permitimos criar, que claramente não abençoa a diferença, a curiosidade, o sentido de humor, a originalidade, o pensamento crítico e criativo. Antes pelo contrário, a sociedade pretende indivíduos desconectados de si mesmos, obedientes, submissos, que cumpram regras e leis sem questionamento.

No entanto, as propostas espirituais estão acima da mente dos homens e por isso um ano universal ou pessoal 3, é a oportunidade de olharmos bem para o tema da felicidade pessoal, do que nos devolve prazer, do que nos dá alegria, do que fazemos por prazer e sem esforço e acreditar que esse foco, essa fé e essa fidelidade à nossa alegria interior, é o que seremos capazes de criar.

Por outro lado, e porque a sociedade não reconhece ainda que a simples alegria seria a cura de tantas doenças, a base de melhores relações, a boa vontade de cooperar e ajudar quem precisa, um ano 3 também pode mostrar os preços que estamos a pagar precisamente porque não damos o devido valor ao prazer de viver ou sequer temos a coragem de dizer NÃO! a tudo o que não respeite o que nos faz bem, seja uma relação, um emprego, um estilo de vida, amizades, sacrifícios que fazemos pelos outros ou mesmo as nossas crenças internas de merecimento.

Aliás, o merecimento é uma palavra importante pois leva-nos à emoção do amor e do valor e é ela que vai magnetizar as experiências positivas, alegres, felizes que acreditamos merecer, que iremos magnetizar.

Tal como a flor aparece, e revela a sua presença e originalidade, um ano 3 será também um ano de palcos, de exposição, de abrir espaço para o desconhecido e por isso de coragem e confiança pessoal e até atrevimento.  O 3 nasceu para ser ele próprio, nasceu para mostrar a sua diferença e este é o ano dos holofotes!
Se ainda tens inseguranças, vergonha, medos de exposição, este será o ano para transformar e superar tudo isso e confiar em ti e nas tuas capacidades.

Lembra que a confiança não vem quando os outros nos aceitam mas é algo que precisamos aprender a sentir, mesmo quando ninguém nos aceita. 

O Ano Pessoal 3 pode ter este tipo de lição, não percas por isso a oportunidade de libertar a necessidade de aprovação típica do 2 e atreve-te a ser quem és, rodeando-te de pessoas que te aceitam e celebram e mantendo a distância saudável, qualquer pessoa tóxica que ameace roubar a tua alegria e luz interior.

O Ano Pessoal 3 serve então para nos lembrar que a felicidade e alegria interior devem fazer parte da nossa vida, devem ser valores maiores a respeitar mas que implicam obviamente o resgate da aceitação pessoal, da confiança interior, da liberdade de sermos quem somos, da responsabilidade de nos protegermos dos abusos e invasões dos outros. Sem este exigente trabalho, a vida perde cor, perde graça, leveza, diversão e arrasta-nos para rotinas maçudas e depressões das quais será difícil sair.

A Felicidade é um caminho tão pessoal, tão individual que será necessário manter sempre algum grau de liberdade para podermos ouvir esse chamamento interior e mudar de rumo a qualquer momento. O ano 3 pode mostrar onde ou a quem nos aprisionámos a nós próprios e por consequência, a nossa felicidade pessoal.

Por ser uma energia muito genuína, não caias na tentação da felicidade aparente, na selfie sorridente, na foto em ambiente de luxo pois estarás a enganar-te a ti mesmo. Imagina simplesmente uma balança interna e procura que experiências e pessoas a mantém estável e harmoniosa e que experiências e pessoas a destabilizam e age de acordo.

A energia leve e sociável do ano 3 trará mais pessoas para a tua vida, gente nova e diferente que representa melhor as qualidades da energia saudável do 3;
Originalidade
Criatividade e talentos
Expressão artística
Amizade
Alegria
Sentido de Humor
Comunicação pura e transparente
Espírito de Festa

O mundo tal como o conhecemos, cheio de dor e sofrimento, claramente carece de todos os atributos do 3. Infelizmente, por ser uma energia que nos habituámos a ver apenas nas crianças pequenas, foi desprezada e até ridicularizada no mundo dos adultos, levando-nos para o terrível lado sombra da mesma.

Mas se tens energia no mapa natal 3 ou se estamos num ano 3, aproveitemos a oportunidade de levar leveza, integridade, transparência e permitir que o sentido de humor, crie mais leveza e pontes de comunicação, cooperação e sociabilização de boa vontade no mundo.

Se te lembrares dos planos e sonhos que iniciaste há dois anos atrás, este será o ano em que os verás a ter uma oportunidade de serem realizados.

Obviamente isto é uma pequena curiosidade, mas sempre vai ensinando e convidando a maioria a estar mais atenta às energias. Não podemos esquecer que o nosso mapa tem dezenas de mensagens diferentes sobre nós, incluíndo os ciclos de tempo que estamos a viver no momento e o Caminho de Vida.
O Ano Pessoal e Universal só fazem sentido quando aplicados aos desafios e propostas do nosso mapa e vistas num todo. Só assim podemos então montar o puzzle daquela que é a missão sagrada da vida presente.

Se queres perceber melhor a tua pessoa, a tua história Karmica, a tua missão, o teu momento actual, desafios passados e oportunidades presentes, envia email para veraluz@veraluz.pt ou ou encaminha para alguém que precise de ajuda.

Mais informações consulta https://linktr.ee/veraluz_
Bem hajas e até já!

Vera Luz

Imagem de Adrian Maur por Pixabay

Share.

About Author

Leave A Reply