Se cair 7 vezes, levante 8!

0

Normalmente as pessoas que se rendem à espiritualidade e às terapias alternativas já passaram pela experiência de que nem sempre a medicação, consultas regulares de psicoterapia durante anos ou mesmo a simples passagem do tempo chegam para curar as suas mazelas emocionais.

Na maior parte das vezes o camuflar, falar ou tentar perdoar e esquecer não chegam para superar certos eventos dolorosos e muito menos respondem à tão gritante questão do “Porque é que tive que passar por aquele evento, ou aquela emoção, ou aquela experiência tão difícil??”

A espiritualidade oferece uma proposta de resposta precisamente à mais difícil pergunta, ou seja, ao que na maioria das vezes é o maior obstáculo à superação da dor, através da sabedoria ancestral, da reencarnação da alma com o seu propósito evolutivo e da dinâmica da Lei do Karma.

Através da perspectiva da reencarnação, ou seja, de que a nossa história não começou aqui, o presente passa a fazer sentido e passa a ser analisado como uma continuação de padrões passados que está a nossa mão manter ou mudar.

Enquanto não analisamos a nossa vida por esta perspectiva, as perdas, doenças, fracassos, dores, etc. são vistas como castigos divinos ou simples azares levando-nos na maior parte das vezes a sentimentos de revolta, injustiça e vitimização.

Se nunca chegamos ao momento de termos uma conversinha com a nossa vitimização onde nos responsabilizamos por termos co-criado a situação menos feliz que atraímos e escolhemos superar e adoptar uma nova postura, iremos viver, ou melhor sobreviver, na mesma energia de vitimização / ressentimento / superficialidade, criando mais do mesmo, sem noção nenhuma da verdadeira alegria, liberdade, coragem, responsabilidade ou amor próprio.

Infelizmente ainda são muitos as que vejo viveram prisioneiros de uma ancestral crença de inconsciência de poder interior em que se auto declaram incapazes ou impotentes de qualquer tipo de mudança numa eterna e vã espera por alguém que as salve e lhes alimente a lamúria!

Quando as sessões começam por;

– “Tenho uma depressão há 15 anos por causa de….”

estamos perante alguém que ainda não percebeu as dinâmicas karmicas de atracção, o propósito de evolução espiritual e o poder que tem de mudar a sua energia e por consequência a sua história.

Quando eu pergunto o que têm feito para mudar a sua energia e resgatar a sua alegria e poder pessoal, normalmente a resposta comprova essa postura de impotência interior:

– Até agora nada nem ninguém me tem conseguido ajudar!

Não é nada fácil o momento em que somos obrigados a deitar fora a projecção dos nossos males nos outros e assumir que somos Co-Criadores dos nossos próprios dramas. Levamos vidas até atingir a maturidade e capacidade de nos responsabilizarmos pela qualidade da nossa energia e pela nossa evolução espiritual mesmo sabendo que ela implica cairmos e levantarmo-nos muitas vezes.

Importante mesmo é nunca mais nos permitirmos chegar à impotência total de acreditarmos que não somos capazes de mudar.

Que tenhamos então sempre a capacidade de dizer;

Nanakorobi Yaoki: Se cair 7 vezes, levante 8!

Bem Hajam

Partilhe =)

Sobre o autor

Deixa um comentário

*

code