4 Estágios de Evolução

0

Há 4 estágios de evolução que são facilmente reconhecidos por todos nós.

1º Estágio é o mais básico e instintivo. É a identificação completa com a nossa personalidade e logo com a dos outros. É a vivência do exterior e a imediata resposta ao mesmo, sem tempo de reflexão na resposta quando o exterior nos provoca ou atinge, tanto positiva como negativamente. É deste estágio que observamos tanto a submissão e desempoderamento completas como a mais feia agressividade.

2º Estágio, mente e emoção misturam-se tentando gerir e responder aos impactos que vêm do exterior. Este caos interior ainda não permite uma resposta positiva à vida pois ainda não há visão divina. É neste estágio que a mente tenta controlar tudo e o mundo emocional oscila facilmente entre a mais negra depressão e a mais iludida euforia. mais cedo ou mais tarde, o pior da mente e o pior das emoções terão que dar lugar a energias mais evoluídas.

3º Estágio, já há consciência superior, a mente divina, a visão do espírito capaz de ir para além das emoções e pensamentos. Neste estágio a mente já está ao serviço da alma e as emoções já são processadas interiormente e não projectadas para o exterior como nos estágios anteriores. É a partir deste estágio que, com os olhos do espírito, e a mente da sabedoria, seremos capazes de ver Amor em tudo, de perceber as redes karmicas que nos ligam, de ver a lei da atração a levar a cada um pedaços da sua história.

4º Estágio é conseguido apenas em estado de meditação quando o espírito se afasta o suficiente das energias densas da terra e consegue uma visão mais ampla da nossa existência.

Seja em que estágio for, estamos a falar de energias subtis em movimento constante e por isso não estamos fixos num ou noutro patamar. É natural até que no mesmo dia com certas pessoas dispare o primeiro estágio e com outras, o 3º. Lembra que não é o outro que nos eleva com os seus actos de amor ou arrasta para baixo com a sua violência. O outro é apenas espelho da nossa própria flutuação interna.
Importante então é conhecer os estágios, identificá-los dentro de nós e conforme as situações e pessoas, sabermos e conseguirmos elevarmo-nos dentro de nós próprios para o estágio acima. A nossa evolução pessoal é, sempre foi e sempre será uma viagem interna da nossa única responsabilidade.

Bem hajam!
Vera Luz

Partilhe =)

Sobre o autor

Deixa um comentário

*

code